Carro Brasileiro x Carro Europeu

13 12 2009

Por que modelos brasileiros ficam à margem dos produzidos no Velho Continente?

Novo Fox

Estava eu navegando na Comunidade do Clube do Gol Quadrado Oficial, da qual faço parte, quando me deparei com um tópico sobre o novo Fox. Supostamente ele estaria sendo recolhido, por problemas no novo câmbio. Informação contestada por diversos membros do Clube. Enfim, o tópico virou por fim uma grande discussão sobre Wolks e Fiat, principalmente e sobre a qualidade dos autos brazucas. Bom, na minha opinião não creio que se deva comparar carros brasileiros com os de fora, por algumas simples razões. Veja quais:

– Maior parte da população brasileira é composta por pobres, sem falar nos miseráveis. Muitos também. Quem pode comprar carros nos padrões de perfeição europeus? 10% da população, aproximadamente. Percentagem a qual, prefere comprar status com carrões importados. De que adianta ter dinheiro se você não pode ostentar? Ser milionário, ou bem rico tem suas “obrigações” sociais. É mais ou menos como ir a um jantar de gala do Oscar usando C&A. Alguém iria?! Nem a Fergie que faz o comercial! Salvo se ela fosse ganhar algum din din com isso.

– Como se sabe, Brasil é sinônimo de imposto, não é de hoje que ao abrir jornais e web lê-se que aqui, os impostos são os mais indecentes do mundo. Também tem tanta gente para roubar que num dá para taxar pouco! Aff!!! Como é que se investe mais e se obtém retorno? Vivemos numa era capitalista, neoliberal, onde as empresas e as regras de mercado financeiro ditam o jogo. Ou seja, quem quer sair perdendo? E neste caso, investir mais, pelo visto, não abastecerá o bolso das montadoras como elas esperam. Ninguém no mundo é bonzinho! Isso dá dinheiro? Não? Então vira o disco!

– Terceira e última razão a citar. Digam aonde existe asfalto no Brasil para se andar, mas digo andaaar mesmo, tirando proveito dos muitos 100´s cavalos dos motores europeus. Lá tem uma rodovia chamada autoban (obrigada ao quadradeiro que me lembrou), que segundo meu sogro, português e que esteve e dirigiu por lá recentemente, nunca se compara aos asfaltos daqui. Nemmm de longe! Ele disse que lá dá para você ir a pelo menos 180 com os caros de lá e nem sente, o carro num dá uma balançada. Aqui, isso é tão raro quanto chuva de granizo no Nordeste.

Então, o Brasil tem o carro que ele pode suportar, que sua economia pode absorver, que seu povo irá consumir, num esqueçam somos emergentes. E sabem de onde vem o conceito? Emergente porque está boiando, está tentando achar seu rumo no mar das mudanças socioeconômicas. Em suma, bosta bóia que é uma beleza! Povo pouco politizado, conformado, vide recentemente o caso da retirada do diploma dos jornalistas (Antes que façam piadas… eu sou jornalista e não estou nada satisfeita).

Fox Europeu

Então galera, fazer o quê? Querem algo próximo de um europeu?  Só se arriscando por lá, porque por aqui, sinceramente pelo cenário do país, dificilmente passará de utopia. Sejamos, realistas! O que se pode fazer é continuar criticando e rezar para que algum jornalista ou comunicador da VW, no caso em debate, seja contextualizado com as mudanças da profissão e esteja acompanhando tudo isso, que estamos dizendo aqui. Assim, a VW terá tudo para fazer o carro que os brasileiros esperam, ou perto disso.

Enquanto emergentes, estamos relegados a somente ter acesso às tecnologias de ponta após o primeiro mundo testar, aprovar e muitas vezes até enjoar. Tudo novo é caro e só quando não interessa mais que seja caro é que chega aos lugares menos abastados. Salvo para as exceções da sociedade, é claro!

Eu tenho quadrado, curto muito ele. Gasto? Gasto. Mas qual carro antigo que não gasta alguma coisa? Parafraseando o povo da comunidade num contexto global, “cavalo anda cavalo come!” Se você usa desgasta, se desgasta, troca, se troca gasta. Seja novo, velho, médio… Acho que o dono faz diferença nessa lógica.

Não curto os modelos da Fiat. Concordo com que diz que são iguais, (design). O Punto, o Palio último modelo, o Siena, tem a mesma frente e retrovisores. Mudam detalhezinhos. Parece tudo gêmeo! Confio na VW, acho mais carro para bater no dia-a-dia.


Ações

Information

10 responses

14 12 2009
Diógenes Lima

Devo discordar de você em quase todo o seu post.

Experimentamos nos últimos anos no Brasil um aumento expressivo da produção e venda de carros em território nacional, esse “boom” de produção foi causado pelo aumento do consumo de automóveis novos, entretanto, como a produção nacional pode suprir sem esforço a demanda interna não deveria haver aumento do preço (considerando-se as leis de mercado), contudo, deve haver um acordo subjetivo (ou não) entre as montadoras que diz que “já que mercado está aquecido podemos oferecer um produto de má qualidade [com os excessivos cortes de gastos], e assim manter uma produção recorde com lucros astronônicos sobre o gasto por cada automóvel vendido”.
É fácil deduzir isso assistindo um pouco de jornal, afinal há pouco tempo foi noticiado que a GM estava quase falindo pois o setor de mercado desta empresa está desaquecido nos EUA (O MAIOR MERCADO DO MUNDO) e aqui cresce exponencialmente por causa do aumento do poder aquisitivo das classes baixas. As pessoas que compram um carro popular de 28 mil reais hoje (financiado na maioria das vezes) o faz sem ter tradição de consumidor desse produto, que antes era vendido somente para ricos, ou seja, acham que estão comprando um belo carro mas na verdade compram um motor acoplado a uma caixa metálica com 3 bancos e 4 rodas. Resumindo: os sucessivos déficits nos mercados onde o estado de bem estar social já é consolidado há muito tempo são cobertos pelos vultosos lucros obtidos dos mercados em ascensão, cujos consumidores estão adentrando no mundo do consumo desenfreado característico do wellfare state.
Meu pai comprou um fiesta 0km em 1998, esse carro possuia densidade tecnológica semelhante aos carros atuais, ou seja, não houve uma revolução tecnológica expressiva (o carro flexível não demanda grandes investimentos), o preço na época foi de 11mil reais, hoje não se comprar um carro 0 km como aquele por menos de 24 mil reais, houve um aumento de mais de 100% no valor do carro MUITÍSSIMO MAIOR QUE A INFLAÇÃO.

FATOS QUE CORROBORAM AS MINHAS AFIRMAÇÕES:
Descontados os impostos, um logan vendido no BRASIL e na ARGENTINA rendem, respectivamente à RENAULT 26 585 e 20017 reais, ou seja, o mercado brasileiro aquecido, com consumidores que não conhecem o produto comprado somados aos cortes de gastos no automóvel subsidiam a produção deficitária da RENAULT em outras regiões onde há maior exigência do mercado.
HONDA FIT custa no Brasil 47 300 reais enquanto no Japão custa 20 900 reais (contando os impostos, mas com toda a certeza a honda lucra muito mais aqui).

RÉPLICAS À SUAS AFIRMAÇÕES:

-Mesmo não havendo lugares para usar toda a potência dos carros aqui, isso não implica em dizer que não podemos usufruir do conforto de ter um carro potente se podemos pagar por um afinal, se pudéssemos importar diretamente e sem impostos os carros baratos fábricados em outros países provavelmente escolheríamos o mais confortável e potente, mesmo que não possamos usar nas nossas ruas esburacadas, uma vez que pagamos o valor de um carro de luxo quando compramos um fiat mille “chinfrim”
-Podemos SIM comprar carros com padrão europeu (como já disse, compramos carros caros e ruins e com o preço que pagamos poderíamos comprar carros de luxo), mas quem faz o preço é o cartel das montadoras que se aproveita do momento de vendas aquecidas.
-O imposto é realmente pesadíssimo MAS A MARGEM DE LUCRO DAS MONTADORAS É MAIS PESADA AINDA.

Entretanto posso concordar com você quando diz que estamos “tentando achar nosso rumo nas mudanças socioeconômicas” afinal, devido a euforia causada pelo dinheiro em caixa que subitamente ganhamos, nós gastamos COMO FAMINTOS ENDINHEIRADOS EM UMA MESA FARTA, uma vez que apesar da maioria da população ser paupérrima, as classes que consomem carros SÃO MUITO EXPRESSIVAS e estão crescendo cada vez mais.

Eu tenho um carro velho (fusca 1978) que supre as minhas necessidades por isso me recuso a comprar um carro novo, no entanto, o preço dos carros novos (supervalorizados) ELEVOU substancialmente o dos carros ditos velhos (como o meu) por isso eu me importo se estão vendendo a preços exorbitantes um carro novo, afinal pagar mais de dez mil reais em um carro velho (um fusca, por exemplo) é reflexo menos do valor histórico deste carro do que dos efeitos da megavalorização dos “plastimóveis” atuais.

Sugiro que você leia essa reportagem da quatro rodas aqui neste link:
http://quatrorodas.abril.com.br/reportagens/carro-tao-caro-brasil-394648.shtml
Eu usei alguns dados dela para subsidiar a minha opinião.

Desculpe-me pelos erros gramaticais

15 12 2009
Cris Araujo

Caro Diógenes, apesar de todo seu discordar, no seu discurso todo o que nota é a presença do que eu chamo de capitalismo. Lucro neste sistema sempre será a regra de mercado e contando com a inercia da população, coo vc disse e como eu disse, pouco politizado e instruído, dá nisso. De fato, o Brasil tem o carro que pode ter, ao menos nesse momento.

Valeuu pelo coment, gostei muito da visita e espero que volte sempre para debatermos mais!

16 12 2009
Lisandro

Então Cristiane… Concordo com suas afirmações em sua quase totalidade… Porém, não é necessário ir até a Europa para encontar autos com qualidade. Se você tiver (ou já teve) a oportunidade de cruzar a fronteira e dar um pulo até a Argentina, perceberá que as características mínimas de um carro popular por lá é motorização 1.4, direção, vidros e travas elétricas, enfim, 10a 0 em comparação aos nossos “populares” (entre aspas pois um popular na faixa de R$ 25.000,00 não é lá bem um popular).
Mas como você mesma disse, as taxas e impostos para podermos sustentar os nossos queridos dirigentes impedem que esses carros pobres sejam fabricados para os pobres.

16 12 2009
Bruno Guedes

Olá! Gostei muito das matérias! Sou do CdGQ!
Axo muito legal esses blogs automotivos, ainda mais de uma fonte e visão feminina!

PS.: Nao querendo ser chatinho rs, Volks ou volkswagen, voce colocou com W, e é com “V” no inicio ok? rs nao fique brava!

Tá de parabéns, voltarei aqui!

PS ao amigo aí de cima:

Brasil é o unico País onde os carros valem muito mais do que a base salarial da maioria da população, o que salva é o crédito! Portanto, um fox no velho continente vale cerca de 5.000,00 Euros! se nao for menos! faça as contas em reais! e veja aqui no Brasil!
Olha o preço do alcool!! e somos nós mesmos que fabricamos! T_T

19 12 2009
Diógenes Lima

Caramba, o pessoal tomou as minhas afirmações como hostis!!!
São só as minhas opiniões, não estou querendo ferir ninguém🙂
Ei Bruno, não entendi o que você quis dizer quando escreveu que os carros valem mais que a base salarial da maioria da população, eu não quis estabelecer nenhuma relação entre a renda da população e o preço dos carros, mas sim com o momento histórico de ascenção social de parte da população, afinal cada vez mais pessoas compram MAIS carros novos COM CRÉDITO OU NÃO, quem é pobre não compra carro mesmo (quem ganha um salário mínimo ou menos e tem família para sustentar).
Lisandro, o que quis dizer é que os valores ABSOLUTOS e livres de IMPOSTOS dos carros são muito maiores aqui do que em qualquer lugar do mundo, ou seja as montadoras ganham muito mais aqui fora daqui, MAS NÃO QUIS DIZER que os impostos são baixos e justos, EU NÃO QUERO DEFENDER OS IMPOSTOS ABUSIVOS, quero longe de mim essa colocação…
No mais, nem a dona do blog achou o meu comentário tão passível de repulsa como vocês dois, eu só coloquei que discordava do post dela no começo como que para resumir o meu texto, e só comentei pois eu achei que ela gostaria de uma opinião contrária e do debate, além disso achei o assunto pertinente mas discordo da opinião dela (o que não é um crime nem repulsivo), além do mais eu não disse que a minha opinião é verdade absoluta, por isso não compreendo a razão da ironia nos seus comentários quando se referiam ao meu…
Já coloquei nos favoritos seu blog Cris, apesar de não concordar totalmente contigo eu respeito a sua opinião, ademais estou cansado desses blogs só com avaliações de carros que a gente nunca terá..
Abraços

20 12 2009
Cris Araujo

Nossa, Diógenes, obrigada por visitar o Motor mais uma vez. Fico super lisonjeada que meu artigo tenha surtido uma polêmica, pois é do conflito, do contraditório que nasce o novo. De fato, a vida não é fácil para quem está abaixo da camada privilegiada economicamente. Mas tecnologia no Brasil, é algo que ainda vai enfrentar barreiras mundo a fora. Vide o caso “recente”, das nossas laranjas nos EUA. Quando um país relativamente pequeno em potencial tecnológico-econômico desponta de forma a incomodar os grandes, barreiras começam a ser erguidas. Por isso acredito que no nosso caso, temos o carro que podemos absorver, tanto finaceiramente quanto culturalmente. Vide a passividade coletiva diante de tantas falcatruas e sujeiras em nosso parlamento.

Valeu a visita e volte sempre!

4 02 2010
Vanusia Mendes

Eu quero um FOX 2010, ele é lindo
Eu quero eu quero …..

15 02 2010
GUSTAVO

SIMPLESMENTE PQ BRASILEIRO É “OTÁRIO” NESSA QUESTÃO DE CARRO! A MENTALIDADE É DE QUANTO MAIS SIMPLES MELHOR! TANTO É, QUE PEUGEOT 207, CITROEN C3, NÃO VENDE COMO “GOL”. ATÉ A FIAT AINDA TENTA MELHORAR OS CARROS, MAS AINDA SIM, SÓ VENDE MESMO O “UNO” PÉ-DE-BOI”. COM ISSO, O BRASIL SÓ FICA NO BURACO! UM PAÍS GIGANTE, GRANDE CONSUMIDOR MUNDIAL DE CARROS, PORÉM, TUDO “SEGUNDA LINHA”. PQ SERÁ? FALTA DE EXIGÊNCIA DO CONSUMIDOR BRASILEIRO! ENQUANTO ISSO, EUROPEU ANDA DE 207 CABRIOLET! OS GRANDES LANÇAMENTOS DA WV TBM FICAM POR LÁ! OS AUDI, BMW, TODOS TOPS FICAM POR LÁ. O PIOR, BEM DIZER PELO MESMO PREÇO DE UM POPULAR AQUI! É RIDÍCULO UM GOL COM AR CONDICIONADO CUSTAR 35.000. É O FIM DO MUNDO ISSO! MAS FAZER O QUE NÉ? GOL É PREFERÊNCIA NACIONAL! HEHEHEHE. BRASILEIRO NASCEU PARA ANDAR DE GOL QUADRADO E VER POLÍTICOS ROUBAREM ANDANDO DE JATINHO E CARROS IMPORTADOS. VIVA BRASIL! VIVA BURRICE DO CONSUMIDOR BRASILEIRO! VIVA AS FÁBRICAS QUE NÃO TRAZEM OS MODELOS DE PONTA! VIVA AOS “BESTAS” DOS DIRETORES + ENGENHEIROS E ARQUITETOS” QUE FICAM REMODELANDO E COLOCANDO FRISOS CROMADINHOS DOS CARROS. COM ISSO, AUMENTANDO O VALOR EM ATÉ 5.000 SOB A AFIRMATIVA “MODELO NOVO”.
FICA AÍ MINHA CRÍTICA PARA QUE TODOS POSSAM MEDITAR UM POUCO.

15 02 2010
GUSTAVO

CONCORDO PLENAMENTE COM O DIÓGENES! INDEPENDENTE DOS IMPOSTOS OU CENÁRIO ECONÔMICO ATUAL, O MESMO PATRIMÔNIO FÍSICO E INTELECTUAL EMPREGADO PELAS FÁBRICAS LÁ NA EUROPA, É O EMPREGADO AQUI NO BRASIL! E DIGO MAIS, AQUI A LOGÍSTICA E VENDA SÃO MUITO MAIORES. OU SEJA, OS INVESTIMENTOS SÃO ASTRONÔMICOS. ENTÃO, PQ NÃO TRAZER OS CARROS TOPS PRA CÁ??? PQ NÃO TRAZER O 207 EUROPEU??? PQ NÃO TRAZER O GOLF ÚLTIMA GERAÇÃO, AO INVÉS DE FICAR REMODELANDO??? PQ QUE O NEW CIVIC E C4 PALLAS NÃO VENDE IGUAL VECTRA??? VCS JÁ VIRURAM ELES POR DENTRO? MUITO CHIQUES E SEGUROS! INFELIZMENTE É A CULTURA DO BRASILEIRO, PENSAR QUE SÓ ALGUMAS MARCAS É QUE SÃO BOAS. ISSO PREJUDICA AS OUTRAS MARCAS A INVESTIREM CADA VEZ MAIS! É O CICLO VICIOSO QUE OBRIGOU ATÉ A PEUGOEOT A CAIR NA ONDA DO “FACE-LIST” FAZENDO O “206+frankstein”. MESMO ASSIM, OS CONSUMIDORES CLASSE “B, C” QUE NUNCA ANDARAM DE CARRÕES, ACHAM QUE ESTÃO ADQUIRINDO UM BOM PRODUTO! JÁ DIZ O DITADO:
“CARRO BOM É CARRO NOVO”. MENTIRA!!! CARRO BOM É CARRO COM TECNOLOGIA VOLTADA À SEGURANÇA. CONSEQUENTEMENTE SÓ SAI EM CARROS DE LUXO, (AQUI NO BRASIL): AIR-BAG, FREIOS ABS, SISTEMA DE PROTEÇÃO, BANCOS COM TECIDOS BONS, ETC, ETC. COMO JÁ DISSERAM, NÃO PRECISAMOS IR MUITO LONGE. O NÍVEL NA ARGENTINA É OUTRO! LÁ A RENAULT INVESTE PESADO! LÁ RODA MEGANE CABRIOLET! JÁ TEM O 207 CABRIOLET TBM. TODOS OS LANÇAMENTOS DA EUROPA VÃO DIRETO PRA LÁ! SÓ PARA SE TER UMA IDÉIA, O TEMPRA FABRICADO LÁ, TINHA TETO-SOLAR, E AIR-BAG DE SÉRIE. (rs). PRECISA FALAR MAIS NADA, NÉ? FINALIZANDO, PESSO DESCULPAS SE CAUSEI MÁ IMPRESSÃO COM MEU JEITO “DIRETÃO” DE FALAR. ESSE TEXTO PELO QUAL VÓS FALO, NÃO SE TRATA DE DISCURSO NEM ARTIGO. MAS SIM UM DESABAFO EM LIGUAGEM BEM COLOQUIAL DE UM VELHO FUNCIONÁRIO VITALÍCIO DO JUDICIÁRIO. ABRAÇOS À TODOS.

10 03 2010
IVANILDA

belo carro como faço para comprar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: